6 de setembro de 2010

De volta aos amigos, com José Fanha e... Dói-me o Peito

Depois de um período de trabalho intenso, eis-me de volta ao vosso convívio, saudando desde já todos os amigos que por aqui passaram apesar da minha ausência.

Espero que gostem também do novo visual do Recalcitrante...
A todos, para cada um de vós,  deixo estas flores, com o carinho e a amizade da Meg 

Diego Rivera


»»»«««


Como não tenho -  não temos - razões para nos sentirmos particularmente felizes, aqui vos deixo mais uma vez, um poema de José Fanha que cada vez tem mais actualidade.



Dr.

dói-me o peito
do cigarro
do bagaço
do catarro
do cansaço
dói-me o peito
do caminho
de ida e volta
do meu quarto
à oficina
sem parar
sempre a andar
sempre a dar
dói-me o peito
destes anos
tantos anos
de trabalho
e combustão
dói-me o luxo
dói-me os fatos
dói-me os filhos
dói-me o carro
de quem pode
e eu a pé
sempre a pé
dói-me a esperança
dói-me a espera
pelo aumento
pela reforma
pelo transporte
pela vida e pela morte.

Dr.

já estou farto
de não ser
mais que um braço
para alugar
foi-se a força
e o meu corpo
é como o mosto pisado
como um pássaro insultado
por não poder mais voar.

Dr.

eu não sei ler
os caminhos
por dentro
dos hospitais
mas alguém há-de aprender
entre as rugas do meu rosto
o que não vem nos jornais
e não há nada no mundo
nem discurso
nem cartaz
capaz de gritar mais alto
que as palmas das minhas mãos
que o meu sorriso sem jeito,

Dr.

Dói-me o peito…

José Fanha

22 comentários:

zef disse...

Boa noite, Meg e um sorriso com jeito e um abraço.

Mar Arável disse...

Bem-vinda

romério rômulo disse...

boas voltas, meg.
um beijo.
romério

Decio Bettencourt Mateus disse...

Meg: bom ter-te de volta amiga!

Kandandu

São disse...

Estupendo regresso, querida, estupendo e gentil regresso!

O meu amigo e grato beijo.

Meg disse...

Zef,

Tinhas de ser tua inaugurar a "nova casa", tu, um dos mais antigos e fiéis amigos desta recalcitante.
E se pudesses ver o meu sorriso...!

Um grande abraço para ti

Meg disse...

Mar Arável,

Sempre atento, também tu sempre presente.

Um grande abraço

Meg disse...

Romério,

Obrigada pelas boas-vindas, meu Poeta!
A tua presença é mais um estímulo,
as tuas palavras,um conforto...
Seguiram notícias.

Beijo

O Guardião disse...

Um regresso em forma, como habitualmente.
Cumps

Meg disse...

Décio,

Pois, meu amigo, depois de um Verão escaldante em todos os sentidos, cá estou de volta aos amigos... sempre presentes.

Kandandu

Meg disse...

São,

Mudar de "ares", como sabes,ajuda a renovar as ideias.
E já andava com projectos há muito.
Me aguarda, minha amiga.

Um beijo

Meg disse...

Guardião,

Cansada ainda mas com "ganas" de vos visitar... ler e comentar.
São os amigos, o motor desta "coisa".

Um beijo (apetece-me,ora!)

MPS disse...

Cara Meg

Só lhe digo que a sua casa está um luxo. Lindíssima!

Um abraço

Meg disse...

Minha querida MPS,

Que grande alegria me deu a sua presença aqui!
Depois de uma tão longa ausência, apeteceu-me brindar os amigos com esta renovação, já que é
para eles que este espaço existe, minha amiga. É só um carinho, a única coisa que tenho para dar.

Um dia destes passarei pela Urzeira... seria um prazer sabê-la de volta também.

Um beijo

Pata Negra disse...

Bom regresso com saudades de um serão com José Fanha!

Um abraço - ai!

Maria João disse...

Meg

É bom ver-te de novo aqui. Aos lugares de partilha!
Do novo visual... qualquer um seria bonito com as tuas palavras e as tuas escolhas.
Dos motivos para nos sentirmos felizes... minha querida amiga, sol e chuva fazem parete da nossa natureza e é bom que assim seja!
Vale sempre a pena sorrir, apesar de tudo...
De Fanha, o grito que também nunca deve ficar contido.

Um beijinho muito grande

mdsol disse...

Boa volta.

:))

Ana Tapadas disse...

Que bom que estás de volta!
Adoro D. Rivera.
Que poema mais apropriado!
Gostei do visual.
Beijinho

Meg disse...

Pata Negra,

Tá difícil, o regresso, meu amigo.
Com tanto calor, vai-se ficando cá pelos ALLgarves, e vão-se protelando a chamada crise.

Mas espero que agora seja de vez.

Um abraço

Meg disse...

Maria João,

Vou roubando tempo ao tempo para vir aqui... o trabalho prolonga-se com o calor que não nos dá trégua, mas espero ficar por aqui, agora.
Obrigada pelas tuas palavras amigas.
Um beijo

Meg disse...

Mdsol,

Será desta?

Beijo

Meg disse...

Ana,

Agora sim, parece que consigo regressar...
Obrigada por te sentires bem por aqui apesar da minha ausência forçada.
Em breve te farei uma visita...aliás, a todos os amigos.

Um beijo