7 de setembro de 2009

O Livrinho Vermelho...

. . .
Ex-citações de MAU de ZÉ y CHUNGA
.
"SÓ HÁ UM PORTUGAL... AMA-O OU DEIXA-O!
.
"(o último a sair apaga a luz e fecha a porta do aeroporto!)"
.
MODO DE USAR . . Como qualquer bom remédio para os males desta vida (que se pretende livre de prisão de ventre para toda a gente!) este livro de Ditos, Frases, Fotos dos “Anarkas” e não só... – é para ser usado sem segundas intenções. A falta de cumprimento desta contra-indicação tira quaisquer responsabilidades aos seus inventores, quanto ao aparecimento de efeitos secundários. Este livrinho é, pois, para tomar ao natural, desopilar o fígado e aliviar-lhe a bolsa (mesmo que não a tenha no estômago). Pode ingeri-lo todo de uma vez (por exemplo, enquanto espera pelo subsídio de férias...) ou às colheres (na casa de banho, quando vai na rua e não quer “reparar” num credor, nas partes chatas dos plenários ou nas “baldas” do escritório... É escusado agitá-lo antes de usar, porque as drogas que o compõem já estão bastante espalhadas pelas paredes das ruas e retretes deste País. Guarde-o onde quiser, embora só com arejamento ele possa manter as qualidades de frescura das suas intenções. No caso do conteúdo do que tem na mão lhe provocar irritações de qualquer tipo, amargos de boca ou dificuldade de engolir... você está tão doente que nem o 25 de Abril o conseguiu curar! Finalmente se quiser armar naquilo que não é (mas gostaria de ser...) pode trazer esta receita debaixo do braço, levá-la para os comícios ou pendurá-la ao pescoço, com um cordel, pelo buraquinho que aparece lá em cima. Mais; até pode dizer com toda a cagança - "ninguém tem um igual ao meu" (salvo seja!). Realmente, se comparar com qualquer outro...


"Quando passar um político, não te deves rir de esguelha:
primeiro porque é má educação;
segundo, porque a culpa pode não ser inteiramente dele!!!"
.
. Este livro teve a colaboração dos ANARKAS (e não só...) deste País Tiragem: 5000 exemplares. Outubro de 1975 . . .

32 comentários:

Menina do Rio disse...

Meg, me pareceu ser um livreto bem interessante!

Beijinhos pra ti, querida

Peter disse...

Que pena, agora que as minhas férias estão a chegar ao fim é que me dás conhecimento de um livro de leitura imprescindível.

Mas no período actual em que o Big Brother está por todo o lado, é preciso cuidado em escolher o local de leitura.

Amaral disse...

Meg
Pela amostra parece ser bem interessante e actual.
Boa semana
Abraço

Bipede Implume disse...

Olá querida Meg
Também acho que devia ter sido um belo momento de férias lendo este livro. Sempre é preferível à dura realidade.
Amiga, boa semana e beijinhos.
Isabel

Maria disse...

Guardo este livrinho religiosamente há 34 anos...

:))))

São disse...

Antes este livrinho do que tanta pseudo-escrita por aí pululando...

Um abraço, linda.

www.emaberta.com disse...

Carissima Meg,
O sarcasmo é uma das formas de se poder reflectir sobre verdades que no meu Pai's ninguém quer "ver"!
Tenho sofrido por nunca me impedir de dizer na cara das pessoas essas verdades. Tenho pago caro! Mas sou assim!
O seu Blog é inteligente e por isso gosto dele.
Fiz-me socia de Arte e Prosa mas esqueci o mot de passe e como para burocracias nunca prestei, não sei como fazer para o recuperar e poder trabalhar nele.
Um abraço e obrigada por gostar de o que tenho dentro de mim.
Ema Berta

Zé Povinho disse...

Já tive a oportunidade de ler e politicamente, apesar de tudo, é mais profundo do que a verborreia dos políticos profissionais da nossa praça.
Abraço do Zé

padeirinha disse...

Problemas bicudos, bestas quadradas, e mesas redondas abundam por cá. E agora, mais do que messa redondndas, uma infinidade de rotundas!

Meg disse...

Menina,

São memórias divertidas de um tempo que já passou, mas como estamos por cá em vésperas de eleições, sempre nos faz sorrir, minha amiga.

Um beijo

Meg disse...

Peter,

Já não está à venda, meu caro!
Mas que sabe bem reler, para nos tirar por momentos deste ambiente sórdido em que vivemos, isso sabe!
Lugar para ler... não me digas!!!

Um abraço

Meg disse...

Amaral,

É a nossa sina... as coisas não mudam.Vamos ver agora.

Um abraço

Meg disse...

Isabel,

As férias ainda hão-de vir...
Mas este é uma espécie de livro de culto, para espairecer nos momentos mais complicados.
Não vale a pena chorar, não é?

Beijo

Meg disse...

Maria,

Já sabia, já sabia... não é a primeira vez que aqui trago O Livrinho Vermelho do Galo de Barcelos. Aqui não, ao blog anterior.

Beijo deste lado

Meg disse...

São,

Pois foi por estar farta disso tudo que o fui buscar à estante... tem um efeito estimulante, ahahah!

Um beijo

MPS disse...

Cara Meg

Lembro-me bem do livrinho vermelho e de como enfureceu aqueles que, dentro do MRPP, o sentiram como insulto à "bíblia" maoísta... Do movimento anarquista lembro-me, também muito bem, do jornal que se intitulava:
Movimento de
Esquerda
Revolucionário
Democrático e
Anarquista

Ainda hoje acho imensa graça ao nome, não tanto pela sigla, mas porque conseguiram meter lá quase tudo o que não pode lá caber!

Enfim, a imaginação e o humor fazem muita falta. Obrigada por me permitir recordar tudo isto.

Um grande abraço

Vieira Calado disse...

Pois penso que será interessante...

O humor, para mim,

não tem fronteiras.

Beijoca

EDUARDO POISL disse...

"Que seja eterna a vitória dos seus dias,
mesmo quando eles lhe derem
a impressão de fracasso.
E nunca se esqueça que atrás das nuvens
sempre existirá sol."

(desconheço o autor)

Hoje passando para desejar um lindo final de semana com muito amor e carinho
Abraços do amigo Eduardo Poisl

utopia das palavras disse...

Não lhe dei muita importância quando me passou pelas mãos...mas agora aguçaste-me o apetite! Boa!

beijinho, Meg

tulipa disse...

Sei que gosta de fotografia,
por isso
tomei a ousadia de lhe fazer um
CONVITE:
Estive 5 dias isolada do mundo, num encontro espiritual comigo mesma, num monte alentejano e, por isso tenho que muito rapidamente divulgar a minha próxima exposição de fotografia.

Desta vez será no “Norte” a pedido de várias pessoas, em Fevereiro passado, quando foi a minha 1ª exposição individual aqui próximo de Lisboa, na margem sul.
Como gosto de desafios, houve “alguém” que me desafiou e disse que colaborava, nem pensei 2 vezes e decidi tratar do assunto em Abril passado.

Chegou Setembro e será a minha rentrée cultural.
Fica o convite para quem vive perto e noutros casos, em que a distância impossibilita a presença de tantos bloggers, fica a participação do evento.

Venho reforçar que teria todo o gosto em que estivesses presente na minha rentrée.
Será muito próximo do Porto, em S. Mamede de Infesta.

Já fiz a divulgação no meu blog.

Abraços, TULIPA

Maria Faia disse...

Minha querida Amiga Meg,

Há já algum tempo que me falta o tempo (passo a redundância...) para passear pelas ruas amigas da blogosfera. Foi hoje que aqui parei e, por ironia do destino, vinda do lançamento de uma candidatura que acredito saia vencedora em Outubro e ajude o Bom Povo de Alcobaça na sua auto-estima e melhor viver.
Posso dizer-te que conheço bons políticos mas, também conheço muita escumalha que, na Verdade (a tal de que fala a Manelita, mas muito diferente da dela...) mais não quer que arrumar-se (pudera... nas suas prfissões são umas nódoas...na maioria dos casos).
Mas, deixa-me dizer-te, políticos somos todos nós, aqueles que têm opinião, mesmo não militando activamente em qualquer partido político (que não é o meu caso).
E, hoje estou feliz. Porque, contrariamente ao que certos(as) crápulas alardeiam, não sou pessoa de interesses privados em política. Sou pessoas de interesses públicos, no caminho do bem estar para o Povo que me viu nascer. E, com a minha ajuda (modesta, é certo) foi hoje apresentada publicamente uma equipa de pessoas capazes que eu conheço bem, sérias, honestas e dispostas a TRABALHAR em prol do meu Concelho - Alcobaça.
ACREDITAR é o mote. E, eu ainda acredito que vale a pena lutar, com honestidade e seriedade!

Um beijo amigo para ti, com votos de uma semana feliz,

Maria Faia

Meg disse...

Querida MPS,

Onde vão esses tempos,minha amiga?
Mas na "tristeza" dos dias que correm, sabe bem ir à procura de tudo o que nos faça sorrir...
E este livr(inho) funciona... pelo menos comigo, recalcitrante assumida.

Que feliz fico com a sua sempre tão
grata visita, minha amiga!

Espero que o Verão lhe tenha trazido algum calor ao seu coração...

Um abraço com muito carinho

Meg disse...

Vieira Calado,

Também é o que ainda nos resta, meu amigo. E sem pagar imposto... por enquanto!

Um abraço

Meg disse...

Caro Eduardo,

Como diz o poema, assim esperamos que o Sol apareça mesmo, e para ficar, que de nuvens negras já chega.

Um abraço

Meg disse...

Utopia das Palavras,

Pois fazes bem, Ausenda, já que precisamos de motivos para, com humor, nos defendermos...

Um beijo


ps: não recebeste um convite para a Nova Tertúlia?

Meg disse...

Tulipa,

O muito trabalho no Verão tem-me obrigado a estar menos por aqui, mas logo que tenha uma oportunidade, irei fazer uma visita ao teu blog... já que estou longe.

Um abraço

Meg disse...

Maria Faia,

Tal como tu, também tenho andado afastada dos blogs amigos, o trabalho apertou este Verão que não há meio de acabar. Mas em Outubro estou de férias e então tentarei recuperar e retomar o contacto com os amigos.

E tu, como sempre, e melhor do que eu, sabes como é a política... há de tudo.

Um beijo

Meg disse...

Ema Berta,

É mais uma vez uma honra para mim ter aqui, a presença amiga de uma pintora, entre outras artes, de quem sou admiradora e de quem já publiquei alguns trabalhos.

E gostei do seu comentário, que
agradeço... sei que é assim que sente.

No momento em que escrevo já tive o privilégio de a conhecer melhor, minha amiga.

Bem haja!

Um beijo

Meg disse...

Zé,

Esqueci-me de ti... ficaram para trás 3 comentários a responder... estou a precisar urgentemente de férias...

Quanto à verborreia dos políticos, qualquer coisa é melhor, meu caro.
Estou quase de volta, o calor não se quer ir embora...

Um abraço

Meg disse...

Padeirinha,

Agora fizeste-me rir com essa das rotundas.
Quanto às mesas redondas, são mesmo assim como diz o livrinho vermelho.

Um abraço

Maria Clarinda disse...

eh,eh...vou procurá-lo abriste-me o apetite!!!
Jinhos mil

duarte disse...

hello meg
interessante...vou ter de arranjar um livrinho desses.belo texto tb.
abraço do regressado vale