22 de dezembro de 2008

Dia de Natal

. .
.
A todos os amigos que por aqui passam,
.
desejo um BOM NATAL e um ANO NOVO FANTÁSTICO.
.
A TODOS... FESTAS FELIZES!
.
Meg

Dia de Natal
Hoje é dia de era bom. É dia de passar a mão pelo rosto das crianças, de falar e de ouvir com mavioso tom, de abraçar toda a gente e de oferecer lembranças. É dia de pensar nos outros — coitadinhos — nos que padecem, de lhes darmos coragem para poderem continuar a aceitar a sua miséria, de perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem, de meditar sobre a nossa existência, tão efémera e tão séria. Comove tanta fraternidade universal, da matutina luz É só abrir o rádio e logo um coro de anjos, como se de anjos fosse, numa toada doce, de violas e banjos, entoa gravemente um hino ao Criador. E mal se extinguem os clamores plangentes, a voz do locutor anuncia o melhor dos detergentes. De novo a melopeia inunda a Terra e o Céu e as vozes crescem num fervor patético. (Vossa Excelência verificou a hora exacta em que o Menino Jesus nasceu? Não seja estúpido! Compre imediatamente um relógio de pulso antimagnético.) Torna-se difícil caminhar nas preciosas ruas. Toda a gente se acotovela, se multiplica em gestos, esfuziante. Todos participam nas alegrias dos outros como se fossem suas e fazem adeuses enluvados aos bons amigos que passam mais distante. Nas lojas, na luxúria das montras e dos escaparates, com subtis requintes de bom gosto e de engenhosa dinâmica, cintilam, sob o intenso fluxo de milhares de quilovates, as belas coisas inúteis de plástico, de metal, de vidro e de cerâmica. Os olhos acorrem, num alvoroço liquefeito, ao chamamento voluptuoso dos brilhos e das cores. É como se tudo aquilo nos dissesse directamente respeito, como se o Céu olhasse para nós e nos cobrisse de bênçãos e favores. A Oratória de Bach embruxa a atmosfera do arruamento. Adivinha-se uma roupagem diáfana a desembrulhar-se no ar. E a gente, mesmo sem querer, entra no estabelecimento e compra — louvado seja o Senhor! — o que nunca tinha pensado comprar. Mas a maior felicidade é a da gente pequena. Naquela véspera santa a sua comoção é tanta, tanta, tanta, que nem dorme serena. Cada menino abre um olhinho na noite incerta para ver se a aurora já está desperta. De manhãzinha, salta da cama,corre à cozinha mesmo em pijama. Ah!!!!!!!!!! Na branda macieza aguarda-o a surpresa do Menino Jesus. Jesus o doce Jesus, o mesmo que nasceu na manjedoura, veio pôr no sapatinho do Pedrinho uma metralhadora. Que alegria reinou naquela casa em todo o santo dia! O Pedrinho, estrategicamente escondido atrás das portas, fuzilava tudo com devastadoras rajadas e obrigava as criadas a caírem no chão como se fossem mortas: Tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá. Já está! E fazia-as erguer para de novo matá-las. E até mesmo a mamã e o sisudo papá fingiam que caíam crivados de balas. Dia de Confraternização Universal, Dia de Amor, de Paz, de Felicidade, de Sonhos e Venturas. É dia de Natal. Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade. Glória a Deus nas Alturas. [António Gedeão] . . «««o»»» . . .

35 comentários:

Agulheta disse...

Querida amiga! Tudo era possivél s e todos quisessem,Natal diferente sem meninos tristes,sem guerra e sem injustiça,mas os homems estão loucos com a ganância e o poder e se esquecem que o povo que os elege... como era bom que fosse diferente como diz o poema,e o brilho dos meninos fossem águas cristalinas de alegria e não de águas turvas de dor.
Dentro do possivél Bom Natal em Paz e Fraternidade.
Beijinho

Amaral disse...

Meg
Bela a imagem e belo o poema desse grande poeta.
Passei para lhe transmitir os meus mais sinceros votos de um Santo e Feliz Natal
Abraço

romério rômulo disse...

meg:
a patrícia e eu te mandamos um beijo.cheio de carinho.
romério

Carla disse...

Passei para desejar

_________________Paz
_______________União
______________Alegrias
_____________Esperança
____________Amor Sucesso
___________Realizações Luz
__________Respeito harmonia
_________Saúde solidariedade
________Felicidade Humildade
_______Confraternização Pureza
______Amizade Sabedoria Perdão
_____Igualdade Liberdade Boa sorte
____Sinceridade Estima Fraternidade
___Equilíbrio Dignidade Benevolência
__Fé Bondade Paciência Brandura Força
Tenacidade Prosperidade Reconhecimento
_______________!!!!
_______________!!!!
_______________!!!!

beijos

Meg disse...

Lisa,
O que queríamos para todos, é, infelizmente uma utopia.
Mas ainda se pode sonhar.

Um BOM NATAL para ti e para os reus, e um ANO NOVO que te traga a realização dos teus sonhos.

Um beijo de FESTAS FELIZES

da Meg

Meg disse...

Amigo Amaral,

Que tenha também um BOM NATAL e um ANO NOVO com muita saúde, paz e harmonia.

Um beijo de FESTAS FELIZES

Meg

Meg disse...

Querido Romério,

Para ti e para a Patrícia vão os meus votos de muita paz para esta época de Festas.

Um beijo para os dois
meg

Meg disse...

Carla,

Se tivéssemos isso tudo o que me desejas, passaria a acreditar que não há utopia, o que não é verdade.

Para ti um SANTO NATAL e um ANO NOVO com tudo o que mais desejares.

Um beijo de FESTAS FELIZES

Meg

Pata Negra disse...

Por motivos de alteração provisória de humor e de Fé este ano não dou votos a ninguém.
Passa uns bons próximos dias e, já agora, bons próximos anos também.

Moacy Cirne disse...

Para você, minha cara, um NATAL esplendoroso e um 2009 pra lá de grandioso. Bom o poema postado por você; gostei bastante. Beijos e abraços.

bettips disse...

Tu e os poetas, tu e as ocasiões que tão bem sabes ...
Um abraço de amiga. E que as estrelas te iluminem um Ano Bom.

duarte disse...

um bom natal para si tb,e um 2009 tão bom quanto possível.
GEDEÃO magnífico...que realismo!
abraço do vale para Meg.

Carminda Pinho disse...

Meg, passo a correr, só para te deixar um grande abraço.

Boas Festas

Peter disse...

"Mas a maior felicidade é a da gente pequena.
Naquela véspera santa
a sua comoção é tanta, tanta, tanta,
que nem dorme serena.
Cada menino abre um olhinho na noite incerta
para ver se a aurora já está desperta.
De manhãzinha,
salta da cama,corre à cozinha
mesmo em pijama."

Saudades desses tempos ...

SILÊNCIO CULPADO disse...

MEG

Para ti um bom Natal e um 2009 sempre melhor que o 2008.
Que encontres sempre essa força que imprimes nas selecção das tuas publicações abanando-nos pela força das mensagens, a maioria de autores desconhecidos. Ninguém fica igual depois de visitar este espaço e interiorizar os mundos que ele nos transmite.
Tudo de bom para ti, MEG.
E obrigada por teres vindo ao meu encontro.

Abraço apertado

Mariazita disse...

Querida Meg
A minha visita de hoje, forçosamente rápida, destina-se apenas a desejar BOAS FESTAS.
Um Natal muito feliz, com muita Alegria, Paz e Amor.
Beijinhos natalícios
Mariazita
PS – Depois desta época tão atarefada…voltarei para ver e comentar.
+ 1 beijito

Maria disse...

Um abraço hoje, e todos os dias...

MPS disse...

Boas festas, cara Meg

Meg disse...

Caro Pata Negra,
Talvez nesta altura já tenhas mudado de ideias, mas claro que estás no teu pleno direito... eu desejo-te FESTAS FELIZES!

Um abraço amigo

Meg disse...

Caro Moacy, muito obrigada... o mesmo para você.
Um beijo natalício

Meg disse...

Querida Bettips,

Um abraço para ti também, e um Natal com tudo o que mais desejares.

Beijo de FESTAS FELIZES

Meg disse...

Duarte,
Claro que é com uma certa ansiedade que esperamos por esse tal 2009...
Um abraço para o vale

Meg disse...

Carminda,
Um abraço a correr é sempre mais apertado...
Um beijo de FESTAS FELIZES

Meg disse...

Peter,
Mesmo a gente pequena já perdeu muita da inocência do Natal, mas mesmo assim, são eles o motor desta época.
Saudades? O tempo não volta para trás, Peter!

Um beijo de FESTAS FELIZES

Meg disse...

Lídia,
As tuas palavras deixam-me sem jeito... este é um espaço sem pretensões.
Gosto muito de ti, e deixo-te com
um beijo de FESTAS FELIZES!

Meg disse...

Mariazita,
Como não hei-de entender se também ando numa correria...
A correr ou não és sempre benvinda.
Beijo de FESTAS FELIZES

Meg disse...

Maria,
Os nossos abraços não têm prazo, do lado de cá.

Beijo de FESTAS FELIZES

Meg disse...

Cara MPS
Muito obrigada, minha amiga.

Um beijo de FESTAS FELIZES

Meg

Sei que existes disse...

Passei para te desejar uma óptima época festiva rodeada de excelentes amigos e familiares e que recebas tudo quanto necessitas para ser verdadeiramente feliz.
Beijo grande

Meg disse...

Sei que existes

O mesmo para ti, minha amiga.

Um beijo de FESTAS FELIZES!

Archeogamer disse...

Quero agradecer as visitas que fizeste ao meu Blog, e os comentários que deixaste. O meu blog chegou ao fim, obrigado por lá teres passado.

NAMIBIANO FERREIRA disse...

Um grande abraco e votos sinceros de um optimo 2009.
Namibiano

Meg disse...

Archeogamer,
É sempre um momento triste, dar por terminado um projecto. Mas se sentes que o fim chegou, só tenho que respeitar a tua decisão e desejar-te o maior sucesso nos projectos futuros.

Um abraço, Festas Felizes e que o ANO NOVO te traga a realização dos teus desejos.

Um abraço

Meg disse...

Caro Namibiano,

O mesmo para vós, com um beijo de FESTAS FELIZES.

Meg

Mariazita disse...

Querida Meg
Disse que voltaria para comemtar...e voltei.
Pode ser um pouco extemporâneo, no dia 29 comentar um poema de Natal...
Mas não posso deixar de expressar aqui a minha admiração por este poema tão forte, tão crítico, tão verdadeiro!

Só o início diz tudo:
"Hoje é dia de era bom."

Era bom...
que não houvesses guerras
que não houvesse crianças com fome
que não houvesse vítimas de violência
que não houvesse...
que não houvesse...
que não houvesse...!

Mas há! Há homens que só vêem o seu umbigo, só pensam no lucro fácil, só desejam o poder!

E é por causa de existitem estes homens que existe todo o resto que não devia haver!

Desculpa se me empolguei demasiado...

Um grande beijinho
Mariazita